Resenha do Show : Purpose Tour no Rio de Janeiro

by - 4/06/2017 04:55:00 PM




Antes de começar a escrever esse post, gostaria de me desculpar por ter " abandonado o blog". Depois do show gostaria de ter vindo aqui e falado sobre a minha impressão do show, mas a gripe me pegou e me pegou forte. Não consegui publicar aqui. Mas, agora o blog volta a sua programação normal e vamos começar:


O show em questão era do meu ídolo Justin Bieber. Sempre fui fã dele e do trabalho dele, mais ou menos em 2009, não lembro o mês ou o dia. Consegui ir na primeira turnê dele no Brasil ( My World Tour), não fui na segunda ( Believe Tour) e fui na tão esperada e aclamada ( Purpose Tour).


Tudo começou no dia 31 de outubro de 2016, quando ''entrei'' na fila virtual do T4F. O relógio marcou 00:00 e a fila finalmente começou, a minha senha era 3837 e tinham exatamente 3729 pessoas na minha frente, fiquei um bom tempo esperando nessa fila, com medo da internet não colaborar, mas tudo acabou dando certo e comprei a Pista Premium Verde para o show que iria acontecer no dia 29 de março de 2017 na Apoteose, Rio de Janeiro. Dois dias depois do meu aniversário. Se eu surtei? Imagina. Era apenas o meu sonho se tornando realidade naquele momento. 


Local do Show: Apoteose

O local escolhido foi a famosa Apoteose. Vou confessar que tinha um pé atras com os shows na apoteose, tinha medo e achava que não era um bom lugar. Engano meu, o local é ótimo, porém um pouco desorganizado. A fila mudou de ultima hora, prejudicando os fãs que acamparam durante 6 meses. Além do cambistas que estavam lucrando bem alto nos arredores do local do show. Só na minha chegada uns 3 caras me ofereceram ingressos para a área vip do show, pista premium ( que eu já estava). Ele estavam enlouquecidos e claro, se aproveitaram de vários fãs que estavam desesperados para assistir ao show. Na entrada do evento, vi várias meninas chorando quando os seguranças estavam jogando fora os ingressos falsos e impedindo que elas entrassem. Gente, por mais que você queira acreditar em cambistas, não comprem ingresso se não for na bilheteria oficial. 


Roupas e Acessórios: Estavam vendendo muitas coisas legais do Justin Bieber, tanto na rua, quanto na dentro do show. Os produtos oficias da Purpose Tour estavam com os preços um tanto salgado para nível Rio De Janeiro. Uma blusa custava R$100 reais / moletom R$:200. Se você são se importar, você fica pechinchando com os camelôs locais e consegue uma camiseta replica por R$: 35 reais. 



Resultado de imagem para rudy mancuso

O show foi incrível e superou todas as minhas expectativas possíveis. Vou começar pelo show de abertura que foi designado ao músico e comediante: Rudy Mancuso. Já conhecia ele da internet e por causa da amizade dele com o dono da turnê: Justin Bieber. Depois vi que ele iria abrir o show da Purpose Tour no RJ e em SP e corri para procurar sobre as músicas e coisas que ele poderia mostrar no show. Não encontrei muita coisa e me surpreendi com o artista completo que ele é: ele toca tudo!!! Bateria, violão, teclado, garrafa e muitas outras coisas.

Para quem não sabe, ele é meio brasileiro ou totalmente brasileiro. A mãe dele é carioca e se mudou para a Califórnia, e ele nasceu lá. Ele fala português com um sotaque meio carioca californiano, que a gente ama!

Na hora do show de abertura não faltou foi Funk (Baile de Favela, Bumbum Granada) na playlist e a clássica garota de Ipanema. Tá, meu bem?  



Agora vamos para o grande o show da noite: Justin Bieber.

Esqueçam aquelas roupas super de show, que ele costumava usar, que pareciam uniformes e ele seguia à risca. Cada passo e cada troca de roupa.

 

Justin trouxe um show completo e cheio de surpresas. Para quem pensou que iria assistir um show seco (só o artista e metade dos bailarinos e metade do palco também), acabou dando com burro n’água. O show estava completo, com queima de  fogos de artifícios a cada termino de música, plataformas, holograma, elevador, telões gigantescos que traziam imagens de Justin Bieber, dos dançarinos, de deuses e monumentos da Grécia. Além de, um cubo de acrílico onde ele começou o espetáculo. 


Justin usa roupas mais modernas e com a sua cara. Looks com o merchandise da turnê ‘ Purpose Tour’. Ele faz apenas duas trocas e no final, voltou sem camisa mesmo. E quem foi à loucura?

 

As canções não foram cantadas todas ‘ao vivo’, mas teve sim, ele cantando. Por exemplo, logo na abertura ele canta ‘ao vivo’ a música “ Mark My World ” e arrasou e conquistou o público de cara.

No set acústico, ele cantou “ Love Yourself e  Cold Water”

Além das agitadas: “ Company, What Do You Mean e Sorry” Claro, não poderia faltar a aclamada “ Baby”.


O momento que mais me emocionou foi na hora da música 'Purpose', quando ele cantou a música que dá nome ao álbum, enrolado à bandeira do Brasil. Chorei!



Eu só fui a um show na minha vida, e esse foi “ My World Tour”, em 2011. E agora, esse foi meu segundo show “ Purpose World Tour”, agora, em 2017. Espero poder ir em outras futuras turnês e que ele continue crescendo e evoluindo como ser humano. Espero que tenham gostado da resenha do show e até a próxima. 


VÍDEO - SHOW JUSTIN BIEBER - PURPOSE TOUR RJ - 29/03/17



You May Also Like

0 comentários

About Me